Fita LED brilhante de uma extremidade a outra.

Fita LED brilhante de uma extremidade a outra.

Desvendando o mistério da queda de tensão.

As Fitas LED se tornaram extremamente populares por sua versatilidade, baixo consumo de energia e fácil instalação. Operando em tensões baixas de 12V ou 24V, elas oferecem uma iluminação segura e eficiente para diversos ambientes. No entanto, um problema comum que pode surgir é a variação de brilho ao longo da extensão da fita, com uma extremidade mais brilhante que a outra.

Esse fenômeno, conhecido como queda de tensão, é muito comum em sistemas de iluminação de baixa tensão e se deve à perda gradual de voltagem ao longo do produto. Imagine a Fita LED como um fio longo e fino: quanto mais longe a corrente elétrica precisa percorrer, maior a resistência que ela encontra e, consequentemente, maior a queda de tensão.

Mas por que isso acontece?

A principal causa da queda de tensão é a resistência interna dos fios. Essa resistência, embora pequena, é suficiente para causar uma diminuição gradual da voltagem à medida que a corrente se move pela fita.

Todas as fitas de LED têm queda de tensão?

Sim, todas as Fitas LED de baixa tensão, como 5V, 12V e 24V estão sujeitas à queda de tensão em certa medida.

Fatores que influenciam a severidade da queda de tensão:

  • Comprimento da fita: Quanto mais longa a fita, maior a distância que a corrente precisa percorrer, resultando em maior queda de tensão.
  • Largura da fita: Fitas mais largas possuem condutores mais grossos, reduzindo a resistência e a queda de tensão.
  • Fonte de alimentação: Uma fonte de alimentação subdimensionada ou com má qualidade pode não fornecer voltagem suficiente para compensar a queda de tensão ao longo da fita.

Embora a queda de tensão seja um fenômeno comum, existem maneiras de minimizá-la:

  • Conexões Paralelas

Quando for necessário instalar Fitas LED mais longas, a SAVEENERGY recomenda que a cada 2,5 metros de fita seja conectada à fonte de alimentação em paralelo.

  • Fonte de alimentação em ambas as extremidades da luz de tira led

O comprimento máximo recomendado de Fitas LED no mercado é de 5 metros. Se você precisar instalar uma fita LED de 5 metros, você pode conectar ambas as extremidades da faixa de LED à fonte de alimentação. Abaixo, exemplos de esquemas de ligação para Fitas Led 12V:

  • Utilize este esquema de ligação para fitas de LED12V com potência superior à 6W/m, para modelos de LED SMD e COB, a fim de manter a uniformidade da iluminação.
  • Utilize fonte 12V DC com potência 20% superior a potência somada da fita instalada.
  • Procure conectar a fonte próximo da fita para evitar perdas de tensão, se for necessário, utilize fiação de 1,5mm² até 2,5m e fiação de 2,5mm² para distâncias até 5m. Não é recomendado distâncias superiores à 5m.

Em resumo:

  • A queda de tensão é um efeito natural em sistemas de baixa tensão como Fitas LED.
  • A severidade da queda de tensão depende de diversos fatores, como comprimento da fita, largura e fonte de alimentação.
  • Práticas adequadas de escolha da fita, fonte de alimentação e instalação podem minimizar a queda de tensão e garantir uma iluminação uniforme.

Lembre-se: A queda de tensão não significa que a Fita LED esteja com defeito. É importante considerar os fatores mencionados e tomar as medidas adequadas para garantir a melhor experiência com seu produto.

Veja aqui como escolhe a fonte ideal para sua Fita LED SaveEnergy.

FONTE: O que é queda de tensão da faixa de LED? Entendendo como isso afeta os sistemas de iluminação (ledyilighting.com)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *